UM DEUS MEGALOMANÍACO

POR: RODRIGO FREITAS


"Está escrito: Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto". Lucas 4.8

Essas foram as palavras do Senhor Jesus. Nas escrituras sagradas em muitos textos aparece esse versículo citado, onde a unica pessoa a quem devemos prestar cultos é ao Senhor Deus. Por isso surge uma pergunta: Sera Deus megalomaníaco? Porque Ele pede para nos ficarmos tecendo elogios à Ele? Sua gloria não é divida com ninguém (Isaías 42.8) e o único a quem devemos louvar e adorar é Ele.

Megalomaníaco é aquele que sente desejo naquilo que é grandioso. Na psicologia é aquele que tem mania de grandeza ou tem delírios de onipotência.

Contudo, não estamos falando de um ser humano qualquer, estamos falando do Deus que de fato é ONIPOTENTE e de fato é GRANDE. Sua insistência a lhe prestar culto esta interligado ao reconhecimento de suas obras e de quem Ele é. Paulo ja dizia que por meio Dele (DEUS) que nos vivemos, nos movemos e existimos (Atos 17.28).

No salmo 16.11 diz que na presença de Deus há abundancia de alegria e delicias perpetuamente. Elogiamos aquilo que gostamos, como uma comida saborosa ou uma palestra maravilhosa. Não apenas elogiamos o que aconteceu como também a pessoa que proporcionou isso a nós. Por isso, a adoração é uma manifestação do amor e da graça de Deus. É da credito Aquele que sempre esta presente em nossas vidas e que faz tudo por nos. É dizer obrigado. É reconhecer todo o esforço e trabalho que ele faz por nós.

Todos os dias Deus se revela de forma graciosa, bondosa e misericordiosa. Logo descobrimos que a felicidade plena esta em se deleitar no Senhor e descansar nele. Ele deve ser nosso maior prazer, pois é ele que faz tudo ter sentido. Ele é a fonte de alegria e paz.

A natureza o adora todos os dias. É a unica que reconhece sua soberania e sua posição como Ser Superior e Criador de todas as coisas. Ele pede para o adorarmos não porque ele é um Deus megalomaníaco, mas sim porque ele sabe que só com Ele é que teremos felicidade plena.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:

.

0 Comments:

Postar um comentário